Presidente da construtora Viver, ex-Inpar, renuncia ao cargo

Eduardo da Silva Machado, que já exercia o cargo de diretor vice-presidente de Incorporação, foi eleito presidente interino pelo Conselho

Tatiana Vaz, de Exame.com

São Paulo – A Viver Incorporadora e Construtora, ex-Inpar, anunciou hoje ao mercado a renúncia de Álvaro Luís Afonso Simões aos cargos de diretor presidente da companhia. O executivo também ocupava, interinamente, a função de diretor vice-presidente financeiro e de relações com investidores da empresa, desde outubro do ano passado.

Eduardo da Silva Machado, que já exercia o cargo de diretor vice-presidente de Incorporação, foi eleito presidente interino pelo Conselho de Administração da construtora. Machado foi diretor de incorporações da Cyrela, vice-presidente da Coelho da Fonseca e diretor geral de atendimento da Lopes.

O executivo exerceu também o cargo de diretor de incorporações residenciais da Tishman Speyer do Brasil e de diretor geral da PDG para classes média e média alta em São Paulo. Ele assume o cargo hoje.

“O Conselho acredita que a experiência de 16 anos de Eduardo em posições executivas em companhias de renome do setor será de grande valia para liderar a companhia em sua nova fase”, afirmou a Viver por meio do comunicado. A empresa não revelou o que motivou a saída de Simões, nem detalhou do que se trata exatamente a nova “fase”.

A construtora Inpar adotou o nome Viver em março do ano passado, depois de uma reestruturação de cerca de dois anos iniciada depois da entrada do fundo de investimento Paladin Realty Partners no controle acionário da empresa. Alvaro saiu da diretoria financeira da Brasil Brokers na mesma época para assumir a presidência da empresa e, em outubro, assumiu o cargo interino de vice-presidente financeiro e de relações com investidores depois da renúncia do executivo Otávio Araujo ao cargo.

Tags: , , ,

Leave a Reply