Lopes Brasil obtém lucro recorde de R$ 132 milhões em 2010

Resultado é mais de 400% maior que o do ano anterior
Márcio Juliboni, de Exame.com

São Paulo - A LPS Brasil bateu seu recorde de lucro líquido no ano passado. O resultado cresceu mais de 400%, para 132 milhões de reais. A LPS Brasil atua no ramo de consultoria imobiliária com a marca Lopes, para lançamento de imóveis, e HabitCasa, para imóveis até 500.000 reais, entre outros.

No ano passado, a LPS Brasil gerou vendas contratadas de 15,6 bilhões de reais. Com isso, sua receita líquida totalizou 338,7 milhões de reais, com alta de 51% sobre 2009. “Foi um ano muito bom, com crescimento em todos os mercados em que atuamos”, afirma Marcello Leone, diretor financeiro da empresa.

O ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de 168,6 milhões de reais. A cifra representa um incremento de 68% sobre o ano retrasado. A margem de ebitda subiu 5 pontos percentuais e alcançou 50%.

Apetite para compras

Segundo Marcello Leone, diretor financeiro da Lopes, três fatores puxaram os resultados em 2010. O primeiro é o próprio crescimento do mercado imobiliário, aquecido pela oferta de crédito e pelo aumento da renda da população.

No segmento de venda de imóveis de terceiros, as vendas geradas passaram de 599 milhões de reais, em 2009, para 1,267 bilhão de reais. Já no mercado de lançamentos, as vendas contratadas passaram de 8,658 bilhões de reais para 14,364 bilhões.

O segundo fator foi o apetite com que a LPS Brasil foi às compras. A empresa realizou sete aquisições em 2010, com destaque para a Patrimóvel, uma das maiores imobiliárias do Rio de Janeiro.

As aquisições contribuíram também para elevar os negócios no mercado de imóveis de terceiros. Segundo Leone, cerca de 1 bilhão de reais das vendas contratadas nesse setor, em 2010, podem ser atribuídos à rede preexistente da LPS Brasil. Outros 250 milhões de reais, aproximadamente, vieram com quatro empresas adquiridas.

Aposta no crédito

O último estímulo para os resultados foi a CrediPronto, uma financeira criada em 2008 em parceria com o banco Itaú. O objetivo da CrediPronto é financiar a compra dos imóveis na rede de imobiliárias da LPS Brasil. No ano passado, a financeira liberou 600 milhões de reais em crédito, ante 158 milhões em 2009.

Foram 2.176 contratos assinados pela CrediPronto no ano passado, com um prazo médio de 272 meses. O valor médio financiado pela empresa foi de 62% do preço do imóvel. “O tíquete médio contratado é de 275.000 reais”, afirma Bruno Gama, diretor da CrediPronto.

Tags: , ,

Leave a Reply