Posts Tagged ‘Cyrela’

Ações de construtoras disparam com crescimento nas vendas

terça-feira, julho 16th, 2013

Cyrela e MRV agradam investidores com números do segundo trimestre
Beatriz Souza, de Exame.com

São Paulo - As ações das construtoras Cyrela (CYRE3) e MRV (MRVE3) estão em forte alta no pregão desta terça-feira após divulgarem bons resultados de vendas. Na máxima do dia, os papéis da Cyrela subiram 4,67%, negociados a 16,80 reais, e os da MRV 5,38%, cotados a 6,85 reais.
Leia Mais

A Cyrela registrou vendas contratadas de 1,47 bilhão de reais no segundo trimestre, ante 1,06 bilhão de reais um ano antes. Considerando os parceiros, as vendas no trimestre foram de 2,18 bilhão de reais, alta de 66 por cento na comparação anual.

Já os lançamentos no segundo trimestre foram de 1,25 bilhão de reais no período, frente a 911,3 milhões de reais um ano antes.

MRV

Já a MRV teve aumento de quase 50% nas vendas contratadas do segundo trimestre na comparação anual, com foco maior na venda de estoques, enquanto os lançamentos caíram cerca de 40 por cento no período.

“Basicamente a estratégia da companhia este ano é fazer a gestão de estoque. A gente tinha um volume de estoque à venda importante”, disse à Reuters a diretora executiva de Relações com Investidores da MRV, Mônica Simão.

Cyrela lançará empreendimento em terreno do Credicard Hall, diz fonte

quinta-feira, abril 18th, 2013

O Credicard Hall possui 7.000 metros quadrados de área livre, que abriga 1.200 vagas de estacionamento, além de 15 mil metros de área construída

Vivian Pereira, Reuters, 18 de abril de 2013

SÃO PAULO, 18 Abr (Reuters) - A Cyrela Brazil Realty adquiriu parte do terreno que abriga o Credicard Hall para construção de um empreendimento imobiliário no entorno da casa de shows, afirmou à Reuters uma fonte com conhecimento do assunto.

“A Cyrela está em vias de aprovação de um projeto em parte do terreno do Credicard Hall”, disse a fonte. “A casa já está, inclusive, com problemas de agenda por isso”.

O projeto a ser lançado envolve, inicialmente, apenas a área do estacionamento do Credicard Hall, segundo a fonte, que não informou se o empreendimento será comercial ou residencial. A Cyrela desenvolve projetos comerciais por meio da marca Thera.

A Time For Fun, que administra o Credicard Hall, e a Cyrela afirmaram via assessoria de imprensa que não se manifestariam sobre o assunto.

Localizado na região de Santo Amaro, zona sul da capital paulista, o Credicard Hall possui 7.000 metros quadrados de área livre, que abriga 1.200 vagas de estacionamento, além de 15 mil metros de área construída.

Em setembro passado, a Time For Fun perdeu a parceria que possuía desde 2006 com o canadense Cirque du Soleil, cujos espetáculos costumavam ser realizados no Credicard Hall, sinalizando potencial perda de receita para a empresa.

Na ocasião, a IMX, do grupo de Eike Batista, anunciou uma parceria com o Cirque du Soleil para a criação da IMX Arts.

A escassez de áreas adequadas e bem localizadas para construção de empreendimentos é um dos principais entraves ao setor imobiliário, sobretudo em grandes centros urbanos. Construtoras e incorporadoras têm buscado driblar o desafio ao partir para áreas menos exploradas nas principais capitais.

Recentemente, a Cyrela entregou o complexo NovAmérica Inside Park, empreendimento de proporções gigantescas localizado nas proximidades do Credicard Hall.

Construído em um terreno com mais de 70 mil metros quadrados, o projeto tinha Valor Geral de Vendas (VGV) potencial de 640 milhões de reais quando lançado.

Inaugurado em 1999, o Credicard Hall é o maior espaço fechado para shows da América Latina, segundo a Time For Fun, que também administra o Teatro Renault (SP), o Citibank Hall (RJ) e o Chevrolet Hall (BH).

Cyrela cria site para auxiliar na compra de imóveis

quarta-feira, dezembro 12th, 2012

Cyrela Mais é um portal corporativo de conteúdo editorial sobre o setor imobiliário e funciona como um veículo de informações com notícias e vídeos sobre o setor

Leticia Muniz, do Mundo do Marketing

Rio de Janeiro - A Cyrela desenvolveu a plataforma de comunicação Cyrela Mais, um portal corporativo de conteúdo editorial sobre o setor imobiliário. O espaço funciona como um veículo de informações que traz notícias e vídeos sobre todos os aspectos que envolvem a compra de um imóvel seja para investir ou morar.

O site é estruturado em quatro pilares de interesses: Cidade (sobre arquitetura e urbanismo), Estilo (comportamento e modo de vida), Negócio (com notícias do mercado imobiliário) e Imóvel (sobre tendências em produtos).

Os canais reúnem dados úteis de diversas fontes, para compor um cenário real dos fatores que englobam uma boa compra. A assinatura do site é da empresa New Content.

Cyrela investe em marketing para cumprir meta de vendas

quinta-feira, outubro 25th, 2012

Com a iniciativa, a empresa segue na contramão de outras construtoras que vêm oferecendo descontos nos valores de imóveis para impulsionar as vendas

Vivian Pereira, da REUTERS

São Paulo - A Cyrela Brazil Realty está lançando mão de uma campanha de marketing como ferramenta para ajudar a construtora e incorporadora a cumprir a projeção de vendas traçada para 2012, que foi reduzida na semana passada em decorrência da desaceleração dos lançamentos.

A companhia lançou nesta quinta-feira a segunda fase de uma campanha voltada potenciais compradores na Internet que conta com investimento superior a 1 milhão de reais e tem como objetivo resultar em vendas contratadas de 225 milhões de reais no atual trimestre.

O adiamento de lançamentos fez a empresa revisar a meta de vendas em 2012 para entre 6 bilhões e 7 bilhões de reais na semana passada. A estimativa anterior era de que as vendas contratadas ficassem entre 6,9 bilhões e 8 bilhões de reais neste ano.

Citando um processo de aprovação mais lento para novos lançamentos ao longo deste ano, principalmente em São Paulo, a construtora adiou para 2013 projetos relevantes com lançamento previsto para o atual semestre.

Com a iniciativa, a Cyrela segue na contramão de outras construtoras que vêm oferecendo descontos nos valores de imóveis para impulsionar as vendas, as quais vêm desaquecendo desde o início do ano.

Na primeira fase da campanha, realizada entre março e maio deste ano, a expectativa de vendas foi superada em 130 por cento, somando 170 milhões de reais, segundo a empresa.

Com duração de seis meses, a segunda fase inclui criação de conteúdo para o site da companhia, como entrevistas com especialistas do setor, reportagens e discussões com profissionais da construção civil.

“Informação é fundamental para que o cliente decida sobre a compra ou investimento em imóveis, por isso… aprimoramos o nosso conteúdo, com a finalidade de criarmos um relacionamento de longo prazo e também de nos tornarmos fonte de informação para todo o mercado”, afirmou o gerente de Comunicação da Cyrela São Paulo e responsável pela campanha, Pablo Oliveira.

Cyrela revisa meta de vendas para 2012 para até R$ 7 bi

quinta-feira, outubro 18th, 2012

A estimativa anterior era de que as vendas contratadas ficassem entre 6,9 bilhões e 8 bilhões de reais neste ano
REUTERS

Rio de Janeiro - O adiamento de lançamentos previstos para 2012 fez a construtora e incorporadora Cyrela revisar a sua meta de vendas de 2012 para entre 6 bilhões e 7 bilhões de reais, afirmou a empresa nesta quarta-feira em comunicado ao mercado.

A estimativa anterior era de que as vendas contratadas ficassem entre 6,9 bilhões e 8 bilhões de reais neste ano.

Segundo a companhia, a revisão foi feita em virtude de “uma situação temporária em mercados pontuais”, em especial em São Paulo, o que tem gerado um processo de aprovação de novos lançamentos mais lento ao longo deste ano.

Desta forma, projetos relevantes com lançamento previsto para o segundo semestre de 2012 serão adiados para 2013, o que terá impacto sobre as vendas do ano, disse a empresa, em fato relevante.

No fim de setembro, o vice-presidente financeiro da construtora e incorporadora, José Florêncio Rodrigues, afirmou que os lançamentos estavam atrasados devido à demora na aprovação de projetos junto a cartórios de imóveis. Ele afirmou que uma possível revisão poderia ser considerada .

Vendas no trimestre - A companhia também informou que as vendas contratadas no terceiro trimestre atingiram 1,755 bilhão de reais, alta de 33,6 por cento ante o trimestre imediatamente anterior. No ano até setembro, as vendas somaram 4,290 bilhões de reais, alta de 4,2 por cento na comparação com o resultado um ano antes.

Os lançamentos da empresa somaram 1,518 bilhão de reais no terceiro trimestre, alta de 39,3 por cento ante o trimestre imediatamente anterior. No acumulado do ano, o valor chegou a 3,497 bilhões de reais, queda de 23,4 por cento em relação ao mesmo período um ano antes.

Cyrela pode rever metas após queda nos lançamentos

sexta-feira, setembro 21st, 2012

De acordo com o vice-presidente financeiro da companhia, José Florêncio, a Cyrela não enfrenta problemas de demanda, mas sim para o lançamento de projetos

Circe Bonatelli, da Agência Estado

São Paulo - A queda no volume de lançamentos de imóveis e os impactos sobre a venda de unidades pode levar a incorporadora Cyrela Brazil Realty a revisar seu guidance (meta) de vendas em 2012, de acordo com o vice-presidente financeiro da companhia, José Florêncio. “No momento, a meta de vendas ainda é factível, mas vamos esperar as próximas semanas para ter um cenário melhor”, disse a jornalistas nesta tarde, durante evento promovido pela Abecip. Questionado, o executivo admitiu a possibilidade de um corte nas projeções. “Mas não será nenhuma revisão grande, (de corte) pela metade”, completou.

De acordo com Florêncio, a Cyrela não enfrenta problemas de demanda, mas sim para o lançamento de projetos. O executivo disse que há R$ 8 bilhões em volume geral de vendas (VGV) represados com empreendimentos que tiveram o lançamento postergado. Desse montante, metade do VGV se refere a projetos na cidade de São Paulo, onde empresários têm reclamado de dificuldades para obter as licenças.

Cyrela tem lucro de R$143 milhões no 2º trimestre

terça-feira, agosto 14th, 2012

Valor obteve um aumento de 48,9 por cento ante igual período de 2011
Reuters
13/08/2012

São Paulo - A Cyrela anunciou nesta segunda-feira que teve lucro líquido de 143 milhões de reais no segundo trimestre, um aumento de 48,9 por cento ante igual período de 2011.

Entre abril e junho, a construtora teve um resultado operacional medido pelo Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) de 233 milhões de reais, um avanço de 66,6 por cento na comparação anual.

Cyrela Commercial desenvolve novo shopping em Goiânia

segunda-feira, maio 7th, 2012

Empresa terá 85% no projeto, que deverá ser lançado no primeiro semestre de 2014

Firas Freitas, de Exame.com

Projeto espaço para 205 lojas, 10 salas de cinema e 2.300 vagas cobertas de estacionamento

São Paulo - A Cyrela Commercial Properties (CCP) iniciou o desenvolvimento do Shopping Cerrado, na cidade de Goiânia (GO), segundo comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A previsão de entrega do projeto foi planejada para o primeiro semestre de 2014.

O projeto conta com uma área bruta locável (ABL) de aproximadamente 32.500 metros quadrados em um terreno com área total de 62.500 metros quadrados. O espaço tem capacidade para 205 lojas, 10 salas de cinema e 2.300 vagas cobertas de estacionamento.

O Shopping Cerrado está localizado em frente para a Avenida 24 de outubro, um dos principais polos de comércio da cidade, e para a Avenida Anhanguera, principal eixo de ligação entre as regiões Leste-Oeste.

O projeto está sendo desenvolvido em parceria com o Grupo Odilon Santos. A CCP, segundo a nota, terá uma participação de aproximadamente 85% no empreendimento, sendo a responsável pelo desenvolvimento e administração do shopping.

Imóvel no dispositivo móvel

quinta-feira, abril 12th, 2012

Cyrela lança novo site para celular com possibilidade de ligação direta a partir do anúncio

Por João Varella, Isto é Dinheiro

A incorporadora Cyrela pretende lançar sexta-feira (13) ou segunda-feira (16) uma nova versão mobile do seu site. Além de ter um design otimizado para esse tipo de dispositivo, os usuários poderão ligar para a empresa diretamente da web pelo celular com apenas um clique, entre outros recursos.

O atual site para celulares da empresa será totalmente reformulado, segundo disse o gerente-geral de e-business da Cyrela, Fernando Moulin, durante o Mobilize Breakfast, evento que aconteceu em São Paulo na manhã desta quinta-feira (12).

“A gente colocou um mobile site, mas com poucas funcionalidades. Agora a gente vai colocar esse da Cyrela com mais funcionalidades e depois vamos colocar para as outras empresas”, disse Moulin à DINHEIRO. Além da Cyrela, a holding do grupo conta com a incorporadora Living, a BRC Gestão de Propriedades, entre outras.

Moulin também fez um balanço da operação na web da empresa, cujos sites tiveram 7 milhões de acessos na internet e 237 mil contatos que possibilitaram vendas. Os negócios gerados por meios digitais somaram R$ 1,37 bilhão. Em 2011, a Cyrela Brazil Realty S.A. registrou R$ 7,9 bilhões em lançamentos imobiliários.

Lucro da Cyrela mais que dobra no quarto trimestre

terça-feira, março 27th, 2012

A empresa divulgou um lucro líquido de R$ 181 milhões

REUTERS

As vendas contratadas em 2011 totalizaram R$ 6,497 bilhões

Rio de Janeiro - A Cyrela Brazil Realty está confiante que a demanda no setor imobiliário continuará forte em 2012, com avanço mais moderado dos preços, após a companhia ter registrado um crescimento acima do esperado de 120 por cento lucro líquido do quarto trimestre.

As vendas contratadas em 2011 totalizaram 6,497 bilhões de reais, superando em 5,3 por cento o dado apresentado no ano anterior.

“A administração mantém sua confiança no crescimento econômico e, principalmente, nas perspectivas para o setor imobiliário, que continua a apresentar a demanda superior à oferta de novas unidades”, afirmou a empresa em comunicado.

A incorporadora relatou ter visto uma elevação de preços de aproximadamente 20 por cento em 2011. “Para 2012, acreditamos que tal tendência deva se manter, ainda que mais moderada: os preços devem continuar em alta”, segundo nota.

O valor geral de vendas (VGV) foi de 3,342 bilhões de reais no último trimestre de 2011, queda de 26,2 por cento sobre um ano antes, mas avanço de 90,2 por cento sobre o terceiro trimestre. No ano, o VGV lançado atingiu 7,905 bilhões de reais, 3,9 por cento a mais do que em 2010.

A empresa divulgou um lucro líquido de 181 milhões de reais no quarto trimestre, forte alta sobre os 83 milhões de reais obtidos um ano antes e acima da expectativa média de 6 analistas consultados pela Reuters, de ganho de 158,3 milhões de reais. No fechado do ano, o lucro líquido encerrou com queda de 17 por cento ante 2010, a 498 milhões de reais.

A companhia registrou Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de 337 milhões de reais no período, após 149 milhões de reais nos três últimos meses de 2010. A margem cresceu de 11 para 17 por cento. A previsão média dos analistas para a geração de caixa era de 266,8 milhões de reais.

Já a receita líquida somou 1,984 bilhão de reais no último trimestre de 2011, avanço de 42,8 por cento na comparação anual.

No fechado do ano passado, a receita cresceu 25,3 por cento, para 6,127 bilhões de reais.